Dez agentes penitenciários do Ceará estão infectados por coronavírus



Oito agentes testaram positivo na quarta-feira, em exames rápidos — um deles é membro do Conselho Penitenciário. O POVO apurou que já seriam mais de 20 casos no quadro funcional


Pelo menos dez agentes do sistema penitenciário cearense já testaram positivo para a Covid-19, após serem submetidos a exames rápidos disponibilizados pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) para a SAP. Oito novos casos foram confirmados na quarta-feira, 22, após a realização de testes rápidos. Com o resultado, os servidores foram imediatamente afastados das funções e entraram em quarentena. Dois casos entre os agentes haviam sido noticiados no último fim de semana.

A informação dos oito novos casos foi confirmada ao O POVO por Paulo Sérgio Medeiros Pereira, membro do Conselho Penitenciário do Ceará e um dos agentes que entraram na listagem do coronavírus.

Entre os detentos, oficialmente, para a população de 23.301 internos atualmente nas unidades cearenses, continua a informação de que a Secretaria "só registrou um caso positivo de Covid-19". O diagnóstico dele foi confirmado no último dia 7. "O detento de 24 anos recebeu alta hospitalar no dia 13 de abril e foi beneficiado por um habeas corpus concedido pela Justiça". Ele estava detido na Unidade Prisional Professor José Sobreira de Amorim, em Itaitinga. No tratamento, esteve internado no Hospital São José com sintomas de gripe.
A SAP informa que providenciou testes rápidos para servidores, terceirizados, agentes penitenciários e internos. "O objetivo é antecipar os casos suspeitos, promover tratamento entre os casos confirmados e prevenir uma possível disseminação da doença", reforçou a nota.

O Povo

Postar um comentário

0 Comentários