Conmebol anuncia volta da Libertadores para setembro e da Sul-Americana para outubro



Assim como o novo calendário do futebol brasileiro, a decisão da competição continental deve ocorrer apenas no começo de 2021



A disputa da Copa Libertadores foi marcada para recomeçar em 15 de setembro, enquanto a Copa Sul-Americana será retomada em 27 de outubro. O anúncio foi feito, nesta sexta-feira (10), após reunião por videoconferência com representantes das confederações dos países envolvidos nas competições. As finais estão previstas para janeiro de 2021.

Paralisada em março, a Libertadores só teve duas rodadas disputadas da fase de grupos. Restam seis, além das duas para as oitavas de final, duas para as quartas, as semifinais e final. Os seis times brasileiros (Flamengo, Palmeiras, São Paulo, Athletico/PR, Grêmio e Internacional) somaram bons resultados até agora e têm chances de chegar na disputa do mata-mata.

A definição quanto ao local da final da competição, marcada para o estádio Maracanã, deve ser reavaliada e anunciada posteriormente.

Já na Sul-Americana, jogou-se apenas uma fase. Até a final, são necessárias mais oito datas: duas da segunda fase, duas das oitavas, duas das quartas e duas das semifinais. Vasco e Bahia estão classificados para a segunda fase e aguardam o sorteio para conhecerem seus adversários.

Os jogos da Libertadores e da Copa Sul-Americana deverão ser colocados nos espaços do Brasileiro e da Copa do Brasil. Nesta semana a CBF divulgou que o Brasileiro terá início em 9 de agosto e final em 24 de fevereiro.

Copa do Brasil, por sua vez, também será disputada até fevereiro, com finais previstas para dias 3 e 10, duas quartas-feiras.


Diario do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários