Inverno: Ceará continua registrando temperaturas mínimas expressivas




Nos últimos dias, os cearenses têm sentido o clima mais frio e as baixas temperaturas em diversas cidades do Estado. No final de junho, iniciou o inverno do Hemisfério Sul e, nessa época do ano, há uma queda na temperatura que, no Brasil, é mais sentida nas regiões Sul e Sudeste. No Nordeste, pela proximidade à Linha do Equador, a redução na temperatura é bem menor, mas mesmo assim, são sentidas pequenas variações.

A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) registrou mínimas extremas de 15,4°C, no município de Barro,, 16,6°C em Tianguá e ainda 17,5°C, em Barbalha nos últimos dias.

De acordo com a gerente de Meteorologia da Funceme, Meiry Sakamoto, além do fato de estarmos no período do inverno do hemisfério, outros fatores com altitude e condições meteorológicas atuais acabam colaborando para a variação na temperatura.

No início da semana, Fortaleza também registrou baixas temperaturas. Segundo a Funceme, a mínima extrema foi de 21,8°C.


Ceara Agora

Postar um comentário

0 Comentários