Reitor do ITA é cogitado para assumir Ministério da Educação




Anderson Ribeiro Correia, reitor do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), está sendo cogitado como proximo escolhido para assumir o cargo de Ministro da Educação. O nome dele pode ser confirmado ainda nesta quarta-feira (1/07).

Carlos Alberto Decotelli, que ocupa a pasta, já entregou a carta de demissão dele ao presidente Jair Bolsonaro. A permanência de Decotelli na Educação ficou insustentável depois da descoberta uma série de fraudes no currículo dele.

A nomeação de Anderson Correia conta com o aval de militares e da ala ideológica do governo. Ele tem um perfil técnico, como se quer no governo, e um currículo robusto. Por sinal, todas as informações sobre Correia foram checadas para não se repetir os erros de Decotelli.

Correia, graduado em engenharia, tem passagem pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), da qual foi presidente, e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).


Outros dois nomes citados na lista de cotados para substituir Decotelli são: Marcus Vinicius Rodrigues, ex-presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), e Antônio Freitas, pró-reitor da Fundação Getulio Vargas (FGV), que aparecia como orientador do doutorado não realizado por Decotelli.

Portal Vale do Acaraú com informações Correio Braziliense

Postar um comentário

0 Comentários