jovem de 19 anos é nomeado secretário e se torna chefe da mãe em Japeri/RJ



Com apenas 19 anos, Yuri Santos Oliveira foi nomeado secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Japeri, na Baixada Fluminense, com um salário de R$ 10 mil, conforme apuração do G1.

Além disso, na equipe pela qual o secretário é responsável consta como gerente administrativa a mãe de Yuri e a avó, que é oficial do gabinete da pasta.

O jovem que está matriculado no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRJ) de Paracambi foi empossado no último dia 3 de abril. Yuri entrou no lugar de Kérly Gustavo Bezerra Lopes, o qual pediu exoneração no último dia 31 de março com o objetivo de concorrer ao cargo de vereador.

A mãe e a avó de Yuri foram cabos eleitorais de Kérly na última eleição, já o jovem não possui nenhuma experiência com políticas públicas, muito menos em algum cargo do tipo.

A reportagem do RJ1 foi até o gabinete do secretário nesta segunda-feira (3) e perguntou para a avó de Yuri onde ele estava, a mulher respondeu: “Meu neto ainda não chegou.” Mas depois nega que o secretário seja seu neto.

Além dos vencimentos como secretário, o jovem também recebeu duas parcelas do auxílio emergencial do governo. Familiares de Yuri são aliados do ex-prefeitos da cidade Carlos Moraes. O político foi afastado do cargo em julho de 2018 ao ser preso por associação ao tráfico.

Ao telejornal, a prefeitura de Japeri disse que está apurando a situação. O ex-secretário e o ex-prefeito não foram encontrados para darem sua versão sobre o caso.

Istoe

Postar um comentário

0 Comentários