O efeito emergencial




A sinalização do ministro da Economia, Paulo Guedes, de prorrogar até dezembro o auxílio emergencial de R$ 600 da pandemia para gente que vive do comércio informal foi recebida com euforia no Nordeste. 

Até o momento, 40 milhões de brasileiros foram contemplados. O benefício chega a gerar uma renda de até R$ 1,8 mil para uma família quando entram como beneficiários o casal e mais um filho. 

Em relação ao programa Bolsa-Família, uma dinheirama braba. Por isso, em alguns municípios Bolsonaro já tem uma aprovação de 70%


via Sobral de Prima

Postar um comentário

0 Comentários