Missas continuarão acontecendo após ação de vândalos na igreja de Cruz



 

A nova pintura foi um preparativo para a 136ª Festa de São Francisco, que ocorre em setembro




A Igreja Matriz de Cruz, município localizado a 243,1 km de Fortaleza, foi pichada por criminosos com ameaças de morte ao padre da paróquia. Mensagens de ódio foram descobertas na manhã desta quarta-feira, 9, quando a igreja foi aberta por um sacristão. A Paróquia de São Francisco de Assis havia acabado de receber uma nova pintura, como preparativo para a 136ª Festa de São Francisco, marcada para este mês de setembro. As missas continuarão acontecendo.

A paróquia tem dois padres, um deles residente há quase cinco décadas. O outro, chegou há dois anos. O padre Tomé da Silva disse que nunca havia recebido nenhum tipo de ameaça na localidade e classifica a convivência com a comunidade como "muito boa". "É por isso que as frases chamam atenção", diz.

As missas, de acordo com ele, irão continuar. "A vida da comunidade continua. Estávamos nos preparando para a festa e não podemos parar. O que a gente espera agora é que as autoridades se empenhem para dar uma resposta à comunidade", afirma.

O Povo


Postar um comentário

0 Comentários