Padre da igreja de Cruz onde houve vandalismo diz que não teme ameaças e reza pelos autores





O Padre Tomé, pároco da matriz de São Francisco no município de Cruz, interior do Ceará, em entrevista à imprensa na região falou do acontecido relativo aos atos de vandalismo e sacrilégios que ocorreram no interior do principal templo daquela cidade.

Indagado sobre a frase que continha ameaça de morte ao religioso, Padre Tomé disse que não teme, pois nunca fez nenhum mau ou alguma acusação contra alguém e acrescentou que reza pela conversão dos autores deste ato de extrema desordem e intolerância religiosa, que expressaram em pichações nas paredes apologia às forças demoníacas.

Fonte: Sobral Online

Postar um comentário

0 Comentários