Candidatos promovem aglomerações no interior do Ceará



Pelo menos 11 cidades cearenses registraram eventos como carreatas, caminhadas e comícios, mesmo após protocolo sanitário divulgado pela Secretaria da Saúde

Pelo menos 11 municípios cearenses registraram aglomerações promovidas por candidatos às prefeituras neste fim de semana. Participantes desses eventos, incluindo postulantes aos cargos nos municípios, não usaram máscaras e não respeitaram o distanciamento indicado de 1,5 metro entre si. Essas ações evitam a propagação da Covid-19.

As aglomerações foram registradas nas cidades de Reriutaba, Jijoca de Jericoacoara, Massapê, Viçosa do Ceará, Coreaú, Camocim, Beberibe, Maranguape, Santana do Cariri, Quixadá e Juazeiro do Norte. Os eventos ocorrem dois dias após a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) divulgar protocolo sanitário que aponta sugestões sobre como os candidatos e os eleitores devem se portar em eventos. 

Após a publicação do documento, a Sesa afirmou que a fiscalização dos eventos de campanha ocorrerá como vem sendo feito em todo o estado. A Secretaria disse que poderá autuar as coligações que promoverem medidas antissanitárias. O protocolo é solicitar que o evento se adeque às normas e, caso não seja respeitado, multa poderá ser aplicada. 

Em alguns municípios nos quais houve o registro de aglomerações, candidaturas que tentam a reeleição e até a oposição promoveram ações antissanitárias. Isso ocorreu em Juazeiro do Norte, Camocim e Massapê. Em algumas carreatas, não se viu máscara em eleitores, nem capacetes em motociclistas. Os eventos estão todos registrados nas redes sociais dos candidatos e fazem alusão à participação em massa da população dos municípios. 

Jericoacoara

Na cidade de Jijoca de Jericoacoara, por exemplo, houve aglomeração nas praias, por causa do feriadão, e no centro da cidade em razão da campanha. A questão é que os candidatos do município haviam firmado acordo com a Justiça Eleitoral para "a não realização de eventos que possam importar em aglomeração de eleitores". 

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) afirma que, caso descumprido o termo, as candidaturas podem ser responsabilizadas civil, criminal e administrativamente. Em Jijoca, pelo menos dois postulantes à Prefeitura causaram aglomeração neste fim de semana.


Com informações Diário do Nordeste 


Postar um comentário

0 Comentários