Ceará tenta bater Athletico-PR para ficar fora da zona de rebaixamento



 Alvinegro entra na partida provisoriamente dentro do Z-4 e se perder, consolida entrada na degola. Com mau retrospecto como visitante, Vovô tenta superar o bom mandante Athletico-PR



Há três jogos sem vencer na Série A, o Ceará entra em campo hoje, às 19 horas, para encarar o Athletico-PR na Arena da Baixada. Longe de casa, o Alvinegro do Porangabuçu vai para o duelo pressionado pela necessidade de vitória.

Derrota para o Furacão significa a entrada do Vovô na zona de rebaixamento. O time cearense abriu a rodada na 13ª colocação, mas as vitórias de Grêmio-RS, Bahia e Botafogo-RJ e o empate do Corinthians-SP derrubaram o time para a 17ª colocação provisória.

Para surpreender o adversário dentro dos domínios dele, o técnico Guto Ferreira tem o retorno de quatro titulares considerados fundamentais no esquema tático: o zagueiro Luiz Otávio, o lateral-esquerdo Bruno Pacheco e os meias Fernando Sobral e Vinícius — este o atleta mais decisivo da equipe na temporada. A ausência do quarteto foi sentida no revés contra o Palmeiras-SP, em São Paulo, quando o Alvinegro pecou nas finalizações e falhou defensivamente.

Artilheiro e líder de assistências do Ceará, Vina é a esperança para a reação do time no campeonato. Com 24 participações diretas em gols do Vovô em 2020, o jogador é importante para a engrenagem do escrete do Porangabuçu. O meia é o responsável pela criação ofensiva — o cara da bola parada e das finalizações precisas.

Embora tenha o retorno do grupo de titulares, Guto Ferreira não poderá contar com o lateral-direito Samuel Xavier por lesão. Desde da rodada passada, o jogador trata da contusão no músculo posterior da coxa esquerda. Eduardo deve ser mantido na vaga.

Além do lateral, Charles desfalcará a equipe por suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Para atuar ao lado de Fabinho entre os titulares, "Gordiola" precisará optar entre Ricardinho ou Marthã. Há ainda a alternativa de deslocar Fernando Sobral e promover a entrada de Felipe Baxola no setor ofensivo.

 

O adversário do Alvinegro, apesar de vir de derrota fora de casa para o Flamengo-RJ, é difícil de ser batido como mandante. A equipe comandada por Eduardo Barros está há seis partidas sem perder na Arena da Baixada, com três vitórias e três empates. No quadro geral de desempenho na temporada, o Furacão só foi superado dentro de seus domínios duas vezes em 19 jogos, diante do Palmeiras e do Fluminense-RJ.

O treinador do Furacão volta a escalar os titulares contra o Ceará após poupá-los na rodada passada. Os desfalques confirmados são o goleiro Santos, que estará servindo à seleção brasileira, e o meio-campista Christian, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, além dos lesionados Nikão e Márcio Azevedo.

Athletico-PR x Ceará

Athletico-PR 
4-1-4-1: Jandrei; Jonathan, T. Heleno, P. Henrique e Abner; Wellington; Erick, Jorginho, Léo Cittadini e Fabinho (C. Eduardo); R. Kayzer. Téc: Eduardo Barros

Ceará
4-2-3-1: Prass; Eduardo, Tiago, Luiz Otávio e B. Pacheco; Ricardinho (Marthã ou Baxola) e Fabinho; Leandro, Vina e Sobral; Sobis (Cléber). Téc: Guto Ferreira

Data: 8/10/2020
Horário: 19 horas
Local: Arena da Baixada, em Curitiba-PR
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio-GO (Fifa)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva-GO (Fifa) e Leone Carvalho Rocha-GO
VAR: Marcio Henrique de Gois-SP
Transmissão: TNT e Rádio O POVO CBN


O Povo

Postar um comentário

0 Comentários