Em Acaraú, alunos criam aplicativo para auxiliar no ensino da matemática; desempenho atinge 74%





O Ceará atingiu, pela primeira vez na história, um nível considerado adequado de alfabetização nos 184 municípios cearenses (97% de efetividade). Apesar disso, ainda apresenta um gargalo: seis a cada dez alunos concluem o ensino fundamental com aprendizado crítico em matemática. As informações foram divulgadas pelo Governo do Estado, em agosto, com base nos resultados do Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Ceará (Spaece).


Para superar o desafio nas exatas e as limitações no aprendizado em anos anteriores, alunos do ensino médio e professores da Escola Estadual de Educação Profissional Marta Maria Giffoni de Sousa, localizada em Acaraú, desenvolveram o projeto “Be!Math: A Tecnologia como figura de mediação pedagógica”. O objetivo da ferramenta, que se tornou aplicativo em 2019, é desenvolver um processo qualificado de ensino-aprendizagem na área.

No mesmo ano da criação, o desempenho dos alunos do 1º ano do ensino médio em proficiência em matemática saltou 31% - de 16,6% para 47,7%. Em 2019, o desempenho foi ainda melhor, saindo de 17,7% de alunos em um nível considerado adequado, na primeira avaliação do ano, para 74%, na última, realizada em dezembro. A referência é o Projeto de Intervenção da Superintendência Escolar, da Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação 3.

Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários