Para evitar aglomerações juiz eleitoral proíbe uso de paredões, em Camocim


O Juiz Eleitoral de Camocim, Thales Sabóia, resolveu tomar medidas no sentido de combater aglomerações em eventos políticos. 

"Este Juízo Eleitoral não pode se furtar aos fatos que chegam ao conhecimento do Poder Judiciário diariamente. É público e notório que os candidatos a prefeito e vice do Município de Camocim estão diariamente descumprindo as regras sanitárias, notórios e aterradores os vídeos, sob a alegação de reunião política no município, se utilizando de práticas irresponsáveis, como: a aglomeração de centenas de pessoas e, por conta disso, em total desrespeito aos decretos Estaduais e Municipais de combate ao Covid-19'", diz um trecho da portaria divulgada nesta quarta-feira (28).  

Diante disso, o Juiz Thales Sabóia determinou a proibição de todo e qualquer aparelho de som que desrespeite as regras contidas na legislação eleitoral, especialmente quanto ao limites do volume de som. Proibiu ainda o uso de minitrios,“paredões” e similares nas reuniões eleitorais. 

Via Camocim Online 

Postar um comentário

0 Comentários