Acusado de matar esposa e bebê em Paracuru vai a júri popular na próxima segunda, 30



 

O caso será julgado no plenário da Câmara de Vereadores da cidade de Paracuru, local onde ocorreu o crime em 2015. Marcelo Barberena é acusado do assassinato da esposa e da filha




Marcelo Barberena será julgado por júri popular no plenário da Câmara dos Vereadores da cidade de Paracuru, no litoral leste do Estado, na próxima segunda-feira, 30. Ele é acusado do assassinato da esposa, Adriana Moura Pessoa Carvalho de Moraes,38 anos, e da filha, Jade Pessoa Moraes, de oito meses de idade.  O crime aconteceu em 2015, em Paracuru.  

No julgamento, o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) será representado pelos promotores de Justiça, Anna Gesteira e Luís Bezerra.

Marcelo será julgado pela prática de homicídio com qualificadoras de motivo torpe, meio que impossibilitou a defesa das vítimas, feminicídio e também é acusado de porte ilegal de arma de fogo, pois as vítimas foram mortas por tiros de revólver calibre 38, que era portado por Marcelo sem autorização.


O Povo

Postar um comentário

0 Comentários