Em Acaraú, candidata a vereadora é detida suspeita de cometer crime eleitoral


Uma candidata ao cargo de vereadora foi detida por Policiais Militares na noite desta sexta-feira, 6, suspeita de crimes eleitorais na cidade de Acaraú, no interior do Ceará

Segundo as informações recebidas pelo Portal Vale do Acaraú, acerca do ocorrido, equipes da PM realizavam patrulha em virtude da Operação Eleições 2020, no bairro Bailarina, onde ao passarem pela Rua Dr. Francisco Odeon Silva, constataram dois carros, modelo Pálio e Hilux, de cor prata, passando pelo local em atitudes suspeitas 

Segundo os relatos, os policiais ao verificarem o carro modelo Hilux, onde haviam 5 ocupantes, localizaram material de campanha em nome de uma candidata a vereadora e um caderno contendo anotações suspeitas,  indicando nomes, votos e supostos benefícios

Já no carro modelo Palio, onde havia 4 ocupantes, os policiais apreenderam outro caderno contendo nomes de eleitores e novamente supostos benefícios, além da quantia de R$ 1.200,00 reais em dinheiro, em notas de 100 e 50, e recibos de combustível
A candidata a vereadora foi detida ainda no local da ocorrência, e em seguida a mesma foi conduzida pelos PMs até a Delegacia de Polícia Civil plantonista na cidade de Camocim, para prestar esclarecimentos e serem tomadas as medidas legais cabíveis do caso, pela autoridade policial

OPERAÇÃO ELEIÇÕES 2020

A Operação Eleições 2020, ocorre em todos os 184 municípios do Estado do Ceará, e visa dar mais segurança ao pleito eleitoral deste ano e coibir possíveis crimes eleitorais, com reforço do Policiamento Ostensivo 

A previsão é que a Operação perdure até o término da votação

Nos municípios onde há segundo turno, a  previsão é de que a operação deva ser estendida por um prazo maior de tempo 

Postar um comentário

0 Comentários