Bela Cruz, Itarema, Marco, Cruz e Acaraú entre os municípios que conquistaram Selo Unicef



Foram avaliados municípios que fortaleceram políticas públicas orientadas à infância e à adolescência.




Na oitava edição do Selo Unicef, entregue pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), foram contemplados 115 municípios cearenses pelo trabalho desenvolvido com crianças e adolescentes entre 2017 e 2020. O anúncio ocorreu em live na manhã desta terça-feira (8). Na edição anterior, 2013-2016, o Estado teve 83 cidades certificadas.

Neste ano, 16 cidades receberam o reconhecimento pela primeira vez. O Selo Unicef examina municípios que fortaleceram políticas públicas orientadas à infância e à adolescência e deram mais atenção a ações integradas de saúde, educação, proteção e assistência social.

Ao todo, mais de 400 municípios de 18 estados brasileiros receberam a certificação. Eles precisaram elaborar um diagnóstico da população até 18 anos, bem como criar e implementar um Plano de Ação para enfrentar os principais problemas que afetam o grupo.

O Selo foi criado no Ceará, em 1999. Nos anos seguintes, foi expandido para o Semiárido e, desde 2009, abrange também a Amazônia Legal brasileira. Cada ciclo dura quatro anos, coincidindo com a gestão das prefeituras.

Confira a lista de alguns dos municípios do Ceará:

Acaraú, Aracati, Barroquinha, Beberibe, Bela Cruz, Camocim, Cruz, Forquilha, Frecheirinha, Granja, Groaíras, Guaramiranga, Hidrolândia, Ibiapina, Icapuí, Iguatu, Irauçuba, Itapajé, Itapiúna, Itarema, Jijoca Jericoacoara, Lavras da Mangabeira, Marco, Martinópole, Massapê, Morrinhos, Paracuru, Reriutaba, Santa Quitéria, Santana do Acaraú, São Benedito, São Gonçalo do Amarante, Tejuçuoca, Trairi, Ubajara, Viçosa do Ceará

G1

Postar um comentário

0 Comentários