Governo Federal zera imposto de importação sobre revólveres e pistolas



 

Alíquota era de 20%. Facilitação de compra de armas é uma das bandeiras do presidente Jair Bolsonaro




O Governo Federal zerou o imposto de importação sobre revólveres e pistolas, conforme publicado no Diário Oficial da União nesta quarta-feira (9). A alíquota anterior era de 20%.

O presidente Jair Bolsonaro compartilhou a novidade nas redes sociais. "A Camex (Câmara de Comércio Exterior) editou resolução zerando a Alíquota do Imposto de Importação de Armas (revólveres e pistolas). A medida entra em vigor no dia 1º de janeiro de 2021", escreveu o presidente.

De acordo com a publicação no DOU, a resolução é assinada pelo presidente do Comitê-Executivo de Gestão Substituto e secretário-executivo do Ministério da Economia, Marcelo Guaranys.

flexibilização de compra de armas e munições é uma das bandeiras de campanha de Bolsonaro. Já no início do mandato, em fevereiro do ano passado, o presidente permitiu a importação de armas, que até então era proibida.


Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários