Em nota, Ex-Diretor de Transportes de Bela Cruz esclarece situação de veículos encontrados abandonados







Após a publicação de uma matéria no Portal Vale do Acarau, acerca da situação de suposto abandono de veículos e ausência de peças dos mesmos, os quais foram encontrados em um deposito em Bela Cruz, o Portal recebeu nesta sexta-feira, 8, uma Nota, por intermédio de Mateus Vinicius Costa, ex-Diretor de Transportes da cidade de Bela Cruz, onde esclarece em pontos, a real situação do material 

Na nota é informado que, quando o ex-gestor do Município de Bela Cruz, Eliésio Rocha Adriano (Cachimbao) retornou ao cargo de Prefeito em Fevereiro/2020 já existia uma vasta quantidade de objetos móveis (veículos, material escolar, entre outros) em estado de completa deterioração, sendo inviável ser utilizado em benefício dos Munícipes de Bela Cruz/CE, situação que já vinha persistindo por longos anos, considerando que não havia sido feito leilão de bens que já não mais serviam ao Município. 

Que tendo em vista o estado de deterioração, bem como a impossibilidade de utilização de tais bens, os quais vinham perdendo valor a cada dia, a Administração Municipal realizou leilão no dia 10/12/2020, fato divulgado no DOE, o qual foi realizado pela Empresa Montenegro Leilões. 

A Nota esclarece ainda que grande quantidade dos lotes do leilão foram arrematados, tendo o Município adquirido o valor de R$ 107.350,00, os quais inclusive já foi depositado em contas do Município de Bela Cruz/CE na data de 18/12/2020. 

Os arrematantes ficaram sob o compromisso de no dia 04/01/2021 buscarem o material arrematado. 

Conforme consta na Nota, é inverídica a informação da existência de um barco sem motor, tendo em vista que na data da entrega das chaves o referido bem estava com a presença de motor, conforme foto retirada no dia 30 de Dezembro de 2020. 

Fica clarividente que não existiu qualquer prejuízo ao erário público, pelo contrário, a realização do leilão foi de grande importância, considerando que houve um retorno para os cofres públicos, por bens que eram inutilizados à diversos anos e já foram encontrados em estado de deterioração quando do retorno do ex-gestor Eliésio Rocha Adriano. 

A Nota e os documentos que atestam o referido Leilão, podem ser conferidos a integra, no link abaixo.

Postar um comentário

0 Comentários