Decreto restringindo entrada de visitantes e horário de atividades econômicas entra em vigor em Caucaia



 

Segundo decreto, moradores, prestadores de serviço ou hóspedes poderão acessar o município, e comércio tem novas regras de funcionamento




Entrou em vigor nesta quinta-feira (4), em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, o decreto nº 1.184 que restringe o funcionamento de atividades comerciais e limita a entrada de pessoas na cidade até o próximo dia 19 de fevereiro. A estratégia visa frear a aceleração dos casos de Covid-19. 

O documento autoriza a instalação de barreiras sanitárias nos principais acessos à cidade para controlar o fluxo de visitantes. Dessa forma, poderão entrar apenas "moradores, prestadores de serviço ou pessoas que tenham hospedagem comprovada". 

Já o comércio e serviços não essenciais deverão suspender obrigatoriamente as atividades das 21h às 6h, entre segunda e sexta-feira. Aos sábados e domingos, o atendimento presencial em restaurantes, incluindo alimentação fora do lar, como praças de shoppings, deverá ocorrer até as 21h, com exceção das barracas de praia, que funcionarão até as 16h. 

Nesse intervalo, só poderão funcionar:

  • Serviços públicos essenciais
  • Farmácias
  • Supermercados e congêneres
  • Postos de Combustível
  • Hospitais e demais unidades de saúde e de serviços odontológicos de emergência;
  • Laboratórios de análises clínicas;
  • Clínicas veterinárias e congêneres;
  • Segurança privada;
  • Imprensa;
  • Funerárias.

"Em qualquer horário e período de suspensão das atividades, poderão os estabelecimentos funcionar desde que exclusivamente por serviço de entrega, inclusive por aplicativo", ressalta o decreto.

As normas foram publicadas no Diário Oficial do Município (DOM) na noite dessa quarta-feira (3), após assinatura do prefeito Vitor Valim. 


Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários