Internações por Covid-19 crescem 98% em um mês no Ceará



 


O cenário da pandemia de Covid-19 é cada vez mais alarmante. O número de internações de pacientes com diagnostico do novo coronavírus no Estado do Ceará cresceu para 98%, saindo de 512 para 1.018, segundo o IntegraSUS. A situação se agravou, principalmente, no fim de janeiro.

Com isso, a preocupação das autoridades e especialistas é que com mais casos, os hospitais não consigam atender toda a demanda, em Fortaleza, a busca por leitos de enfermaria e terapia intensiva de janeiro a fevereiro foi ainda maior, saindo de 113 para 291, num salto percentual de 157,5%. Houve, porém, um momento de queda. De 24 a 30 de janeiro, a Capital tinha 230 pacientes internados, número que caiu para 211 na semana seguinte, mas saltou para 291 logo depois. A Secretaria da Saúde de Fortaleza iniciou a instalação de 210 novos leitos para atender pacientes com Covid-19 na rede municipal, sendo dez de UTI no Instituto Dr. José Frota 2, 30 de enfermaria no Hospital da Mulher e 170 de observação nas Unidades de Pronto Atendimento da Capital. 

As autoridades reforçam que a principal medida de prevenção está sendo o uso de mascaras, álcool em gel, manter o distanciamento social, evitando aglomerações e saindo apenas para  casos essenciais.

Ceará Agora

Postar um comentário

0 Comentários