Mais de 1/3 dos médicos avaliam hidroxicloroquina e ivermectina como eficazes contra Covid





A pesquisa é da Associação Médica Brasileira. Focus apurou que, em Fortaleza, boa parte dos protocolos médicos usa um ou os dois medicamentos para pacientes que desenvolvem os estágios iniciais da Covid-19.



41,4% dos médicos brasileiros consideram que o uso do antiparasitário ivermectina é eficaz no combate ao Covid-19. A mesma pesquisa concluiu que 34,7% dos profissionais médicos consideram que a hidroxicloroquina deve ser usada tanto na prevenção quanto no tratamento da doença. A conclusão está na pesquisa feita pela Associação Médica Brasileira (AMB) com 3.882 médicos nas cinco regiões do Brasil. A consulta foi feita entre os dias 18 de dezembro/20 e 18 de janeiro/21. A margem de erro é de 1,5 ponto percentual.

Mesmo que a maioria dos médicos considerem os dois medicamentos ineficazes em qualquer fase, chama a atenção a significativa quantidade de profissionais que os considera eficazes e, provavelmente, a ministram para seus pacientes. Focus apurou que, em Fortaleza, sem estardalhaço, boa parte dos os protocolos médicos usa um ou os dois medicamentos para pacientes que desenvolvem os estágios iniciais da Covid-19.

O levantamento on-line, por meio da plataforma Survey Monkey, foi viabilizado com representações estaduais da AMB – as denominadas Federadas da Associação Médica Brasileira.

Focus Jor

Postar um comentário

0 Comentários