São Paulo demite Fernando Diniz após queda de rendimento na Série A



Time paulista perdeu a liderança para o Internacional nas últimas rodadas e caiu para a 4ª posição na tabela com a derrota para o Atlético/GO



O São Paulo oficializou a saída do técnico Fernando Diniz e do Executivo de Futebol Raí. Com a derrota por 2 a 1 para o Atlético/GO neste domingo (31), o time paulista caiu para a 4ª posição na tabela da Série A do Brasileirão. A diretoria do clube se reuniu nesta segunda-feira (1) para definir a situação na reta final da temporada.

Internacional, que goleou o São Paulo por 5 a 1 assumiu a liderança na 31ª rodada, já abre sete pontos na ponta, lugar antes ocupado pelo grupo de Diniz por tantas rodadas.

O treinador esteva à frente do time desde setembro de 2019, tendo disputado 75 partidas, com 36 vitórias, 19 empates e 20 derrotas. Conhecido por ser explosivo nas cobranças à beira do campo, chegou a discutir com o volante Tchê Tchê no começo de janeiro.

À frente do futebol do clube paulista desde 2017, Raí solicitou à nova direção do São Paulo o seu desligamento, após a demissão de Fernando Diniz. Sob a presidência de Julio Casares, o ídolo são-paulino tinha aceitado o convite para permanecer até o final do Campeonato Brasileiro. No entanto, a saída de Diniz fez com que Raí deixasse o Tricolor antes mesmo do encerramento da temproada 2020.

Diario do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários