Ao STF, Azevedo diz que Forças Armadas não se curvarão a medidas de Bolsonaro





O agora ex-ministro da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva, conversou, nesta terça-feira, 30, com ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e os tranquilizou, afirmando que as Forças Armadas não vão se curvar a eventuais medidas autoritárias de Jair Bolsonaro.

Azevedo foi assessor direto de Dias Toffoli quando ele era presidente do STF e, após assumir o comando da Defesa, seguiu como uma das principais pontes do Planalto com a Corte.

As conversas deixaram os ministros mais tranquilos, já que Azevedo segue sendo uma figura de muita importância dentro das Forças Armadas, que, segundo o ex-ministro, “estão comprometidas com o estado democrático de direito”.


Focus Jor

Postar um comentário

0 Comentários