Ceará já recebeu mais de um milhão de doses de vacinas contra Covid-19, do Governo Federal





Dez lotes de vacinas contra a Covid-19 chegaram ao Ceará desde 18 de janeiro. As remessas acumuladas somam 1.175.250 milhão de doses. O lote mais recente desembarcou em território cearense no sábado, 20, com mais 182.850 frascos. Sendo 162.600 da CoronaVac/Butantan e 20.250 da AstraZeneca/Oxford

Considerando até a nona remessa, foram estocados, como reserva técnica, 139.948 mil doses. Decompondo por farmacêutica: 137.488 da Sinovac e 2.460 da AstraZeneca.

Conforme a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), já foram utilizadas 492.346 doses, da Coronavac, para imunizar profissionais da saúde, considerando primeira e segunda doses. Em relação aos outros grupos: 4.108 aplicadas em idosos institucionalizados, 40.798 em indígenas, 690 para pessoas com deficiência institucionalizadas e 163.970 nos idosos a partir de 75 anos.

Já a vacina de Oxford foi aplicada em 260 profissionais da saúde e 150.280 nos idosos a partir de 75 anos. Os números não condiram o décimo e último lote recebido no Estado.

Com isso, cerca de 81 municípios avançaram para a segunda fase de vacinação contra Covid-19 no Ceará. Em Caucaia, no primeiro dia da etapa para pessoas a partir de 72 anos, filas e aglomerações se formaram nos pontos de vacinação. A partir dessa segunda-feira, 22, Fortaleza inicia a imunização de idosos com idade de 74 anos. Depende do fluxo de vacinação o início das próximas idades. Por isso, é preciso de cadastrar no Saúde Digital Ceará. 

Na sexta-feira, 19, o governador Camilo Santana (PT) assinou contrato com o Fundo Soberano Russo para compra direta de 5,87 milhões de doses da vacina Sputnik V. A entrega dos imunizantes deve ocorrer em quatro lotes: abril, maio, junho e julho. A quantidade por remessa não foi divulgada.  

O Povo

Postar um comentário

0 Comentários