Carne do abatedouro de Bela Cruz é transportada em carroceria de caminhonete



 


A produção do Jornal Central de Notícias, da rádio Acaraú FM, recebeu a denúncia de um comerciante do mercado público do Município de Bela Cruz, dando conta de que, na madrugada do último domingo, foi realizado o transporte irregular da carne abatida do abatedouro até o mercado para comercialização. O transporte foi feito em uma caminhonete, sem a devida refrigeração e acondicionamento. Carne esta que, se transportada sem as devidas condições de padrões técnicos, está sujeita a apodrecimento e contaminação, pondo em risco a saúde da população

Segundo o denunciante, o carro utilizado cotidianamente para o transporte  apresentou problemas mecânicos e, então, "após quebrar no meio do caminho, com isso fizeram a mudança para essa F100", destacou o denunciante.

Denunciante este que não escondia a sua indignação. "A forma como a carne foi transportada é irregular, ainda pois a carne vai exposta a tudo, sem falar que durante o caminho derrubaram os suínos no chão também", disse a fonte, que ainda afirmou: "Da última  vez, a carne veio no trator do lixo".

Procurada pela produção do jornal de Acaraú, a Secretaria de Infraestrutura de Bela Cruz apresentou a seguinte versão: 

Na manhã diariamente a carne é levado do matador para o mercado público nas Primeiras horas do dia. E quena manhã deste domingo, 11 de Abril, por volta das 6h da Manhã, próximo à Escola Professora Marieta Santos, já chegando bem próximo ao mercado público, o carro que levava as carnes apresentou problemas e o responsável em transportar as carnes arrumou um outro carro e transportou as carnes até o mercado.

A Secretaria informa ainda que essa foi a primeira vez que aconteceu isso na atual gestão. Que segundo o informante da denúncia aconteceu outras vezes, mas foi na gestão passada onde as carnes foram levadas no carro que levava lixo.

Informa que se o responsável tivesse comunicado o secretário de infraestrutura, o mesmo teria arrumado um trator para rebocar o carro com as carnes e deixá-las no mercado publico.

A pasta afirma ainda que todas as medidas ja estão sendo tomadas. Foi a preocupação do responsável pelo translado da carne que assim que o carro deu pane ele já arrumou outro carro e levou a carne. A Secretaria informa ainda que após o corrido foi comunicada e tomou todas as providências necessárias.

Reportagem: Edson Costa

Postar um comentário

0 Comentários