Ceará tem 13 açudes sangrando, aponta Cogerh





Dos 155 açudes monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do Ceará (Cogerh), 13 estão sangrando. 

O Gameleira, em Itapipoca, cuja capacidade é de 52,642 milhões de metros cúbicos, foi o último reservatório a transbordar ainda na tarde da última quarta-feira (15). A informação consta no Portal Hidrológico do Estado.
Veja os açudes que já atingiram 100% da capacidade

Acaraú Mirim (Massapê)
São Vicente (Santana do Acaraú)
Caldeirões (Saboeiro)
Jatobá (Milhã)
Angicos (Coreaú)
Itaúna (Granja)
Tucunduba (Senador Sá)
Gameleira (Itapipoca)
Quandú (Itapipoca)
São Pedro Timbaúba (Miraíma)
Germinal (Palmácia)
Tijuquinha (Baturité)
Barragem do Batalhão (Crateús)

Demais reservatórios

Ainda conforme o levantamento, 18 açudes estão com carga acima de 90%. Entre eles, se destacam: Pau Preto, em Potengi, com 97,13% de capacidade hídrica alcançada; Trapiá III, em Coreaú (95,17%) e o Do Coronel, no município de Antonina do Norte (94,46%).

Outros 54 reservatórios têm volume inferior a 30%. Quatro deles estão secos por falta de recarga hídrica: Forquilha II (Tauá); Monsenhor Tabosa, em município homônimo; Pirabibu (Quixeramobim) e Madeiro, em Pereiro.

Em igual período do ano passado, porém, o Ceará tinha mais que o dobro de açudes sangrando. Segundo a Cogerh, eram 32 reservatórios. Outros 42 estavam com volume acima de 90% e 55 inferior a 30%.

Com informações do Diário do Nordeste.

Postar um comentário

0 Comentários