Lei institui o Dia Marielle Franco no Ceará



A data será celebrada no dia 14 de março, dia em que a vereadora carioca foi assassinada, em 2018

 



O dia 14 de março no Ceará será considerado “Dia Marielle Franco”, data escolhida para lembrar das violências políticas sofridas por mulheres no Estado. Nesse mesmo dia em 2018, a vereadora carioca foi assassinada no Rio de Janeiro. O momento demarcado no calendário foi instaurado pela Lei 17.502, publicada no Diário Oficial do Estado na edição desta quinta-feira (27).

A nova lei tem o objetivo de dar visibilidade acerca dos variados tipos de agressões sofridas pelas mulheres no exercício da política, para conscientizar a população da importância em impedir que essas situações se repitam.

Para quem viveu e vive na pele a violência política de gênero, essa lei se torna uma esperança para seguir com o mandato de forma respeitosa. Assim como Marielle Franco, a petista Larissa Gaspar também é vereadora e lembra que já teve sua posição política descredibilizada em várias ocasiões, seja por servidores públicos, cidadão no geral ou até mesmo por representantes políticos.

“Recentemente eu sofri um ataque hacker numa plenária do nosso mandato, fui atacada com palavras absolutamente machistas, com conotações sexuais e de ameaças às mulheres feministas. Então, eu acredito que essa lei serve de alerta, é realmente um tema importante que precisa ser debatido e enfrentado pela sociedade e essa a lei Marielle Franco vai colaborar com isso”, explica.


Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários