Manifestantes participam de atos contra o governo federal no Ceará e em outros estados



 


Manifestantes foram às ruas neste sábado (29) em várias cidades do país para protestar contra o governo do presidente Jair Bolsonaro. Pessoas ligadas a partidos de oposição, movimentos sociais e de estudantes saíram em passeata em defesa do pagamento de R$ 600 de auxílio emergencial, verbas para universidades públicas e ampliação da vacinação contra a covid-19. Também houve protestos contra a privatização de estatais e a reforma administrativa.

Ceará

Em Fortaleza, no Bairro Benfica, faixas e cartazes demandavam mais vacinas contra a Covid-19, pediam o impeachment do presidente e do vice, Hamilton Mourão, e repudiavam o cenário político do país. Os participantes da ação tentavam se manter em filas indianas e com espaço entre as pessoas. Também houve uma carreata próximo à Arena Castelão. Carros ocupavam duas faixas da avenida, promovendo buzinaços e passageiros também levavam cartazes contra o presidente. As duas manifestações se encontraram na praça da igreja do Bairro de Fátima, onde o movimento foi encerrado com um ato ecumênico.

No interior do Ceará, em Juazeiro do Norte, na região do Cariri, também houve passeata e manifestantes saíram às ruas com cartazes onde lamentavam os mortos pela Covid-19 e pediam a saída de Bolsonaro da presidência. A Polícia Militar acompanhou a movimentação. De acordo com informações da assessoria da PM, os agentes dispersaram os manifestantes de forma pacífica, sem tumulto ou necessidade de uso de instrumentos de menor potencial ofensivo.


Ceará Agora

Postar um comentário

0 Comentários