Polícia Civil prende dono de posto de combustível durante operação em Itapipoca




A Polícia Civil do Estado do Ceará, através da Delegacia de Combate aos Crimes de Lavagem de Dinheiro, deflagrou nesta quinta-feira (6), a segunda fase da Operação Fragmentado, que investiga fraudes bancárias aplicadas por estelionatários na cidade de Itapipoca.

Nesta fase da Operação, foram cumpridos mandado de prisão contra um empresário dono de um posto de combustíveis. Também foram cumpridas medidas de sequestro de um posto de combustíveis e de dois imóveis do empresário.

Os mandados de busca resultaram na apreensão de uma hilux, aparelhos telefônicos, cartões e máquinas de crédito, além de R$ 40 mil reais em dinheiro.

Sobre a operação

O nome da Operação faz uma alusão ao filme homônimo, em que um homem apresenta múltiplas personalidades. O titular da Delegacia de Combate aos Crimes de Lavagem de Dinheiro (DCCLD), delegado Ismael Araújo, explica que o golpe se dava pela “abertura fraudulenta de contas bancárias e a utilização de créditos oriundos dessas contas. A partir da captação de lucros, os criminosos convertiam esses lucros em patrimônio, a fim de dar uma aparência lícita a esse patrimônio. Invariavelmente, registrando esse patrimônio no nome de pessoas interpostas, o que a gente conhece popularmente por ‘laranja'”.

A Operação Fragmentado desencadeada pela Polícia Civil do Estado do Ceará, prendeu na primeira fase cerca de 18 pessoas em Itapipoca, no dia 23 de março deste ano.


Portal Itapipoca

Postar um comentário

0 Comentários