Acusado de pedir propina, diretor do Ministério da Saúde é demitido



 


O diretor de Logística do Ministério da Saúde, Roberto Ferreira Dias, foi demitido nesta quarta-feira, 30. O ato foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) de hoje.

Dias estaria à frente do esquema de compra de vacinas da indiana Covaxin, conforme o deputado federal Luis Miranda.

Para completar a situação, o agora ex-diretor também está sendo acusado de pedir propina ao representa de vacinas Luiz Paulo Dominguetti Pereira. No caso, Dias cobrou US$ 1 por dose da vacina AstraZeneca.


Focus Jor

Postar um comentário

0 Comentários