Mãe e padrasto são presos pela Polícia Civil suspeitos da morte de bebê em Paracuru





A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) efetuou a prisão de um casal suspeito de envolvimento na morte de um bebê de dois anos, registrado em julho de 2019. A captura ocorreu na manhã desta terça-feira (22), por força de mandado de prisão temporária no município de Paracuru – Área Integrada de Segurança 23 (AIS 23) do Estado.

As investigações foram iniciadas logo após os policiais civis da Delegacia Municipal de Paracuru tomarem conhecimento sobre a morte de uma criança de dois anos, em julho de 2019. Na ocasião, a vítima teria dado entrada em um hospital da região com lesões contundentes e diversas escoriações pelo corpo. O bebê não resistiu aos ferimentos e faleceu na unidade de saúde.

Conforme apuração policial, a mãe e o padrasto do menino alegaram que a criança havia caído de uma rede. Após as oitivas serem realizadas, a autoridade policial solicitou um mandado de prisão temporária pelo crime de homicídio qualificado.

Por meio de diligências, o casal foi localizado na zona rural da cidade e encaminhado para a delegacia. O homem já possui antecedentes por vias de fato, injúria e ameaça no contexto de violência doméstica. Na unidade policial, o mandado de prisão temporária foi cumprido contra eles.
Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As denúncias podem ser encaminhadas ainda para o telefone ‪‪‪(88) 3344-1333, da Delegacia Metropolitana de Paracuru. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Postar um comentário

0 Comentários