Ceará: 35 municípios envolvidos com empresas suspeitas de financiarem organizações criminosas





O portal CN7, divulgou nesta última quinta-feira(8), uma relação de 35 prefeituras cearenses que tiveram contratos com empresas suspeitas de financiarem organizações criminosas, em operação de investigação conduzida pela Polícia Cívil do Estado do Ceará. O município de Acaraú aparece incluso na lista publicada pelo referido portal de notícias. Confiram:

AcaraúAracati, AmontadaBarreira, Beberibe, Canindé, Caridade, Caucaia, Crateús, General Sampaio, Ibicuitinga, Itapiúna, Itatira, Jijoca de JericoacoaraJuazeiro do Norte, Limoeiro do Norte, Massapê, Maracanaú, MiraímaMaranguape, Martinópole, Nova Russas, Ocara, Pacatuba, Pacujá, ParacuruParamoti, Pedra Branca, Quixadá, Santa Quitéria, Senador SáTauá, Tianguá, Umirim, Uruburetama

Na manhã desta sexta-feira(9), a administração Municipal de Acaraú, do governo Ana Flávia Monteiro, por meio da assessoria de comunicação institucional, divulgou a seguinte nota:

A atual gestão da Prefeitura Municipal de Acaraú esclarece a seus munícipes que não possui contratos de prestações de serviços que envolvem as empresas investigadas no episódio recentemente publicado pela imprensa por ligações com facções criminosas. A ligação de tais instituições com Acaraú aconteceram até o ano de 2020 e, como mostra as imagens, podem ser conferidas no Portal da Transparência.

A atual gestão também deixa claro que tem um compromisso firme com a idoneidade e compliance dos prestadores de serviço atualmente contratados e que se mantém alerta e atuante com relação a qualquer falha de conduta de tais organizações.


Blog Fabio Costa

Postar um comentário

0 Comentários