Manifestantes incendeiam agência bancária após ato contra o governo Bolsonaro



 


Um grupo de manifestantes depredou e incendiou uma agência bancária na Rua da Consolação, na região central de São Paulo, por volta das 19h deste sábado (3). O episódio aconteceu enquanto os manifestantes desciam pela via no encerramento do novo protesto contra o governo Jair Bolsonaro (sem partido), que teve concentração na Avenida Paulista.

A Polícia Militar informou que "equipes policiais mobilizadas para conter vândalos e bombeiros para apagar focos de incêndio". Outro grupo quebrou vidros de uma concessionária de veículos, depredou ao menos três pontos de ônibus e colocou fogo em lixo espalhado pela Rua da Consolação.

Policiais militares usaram spray de pimenta e bombas de efeito moral para dispersar o grupo de pessoas que estavam provocando as depredações. Um segurança da ViaQuatro e um policial ficaram feridos no confronto com os manifestantes.

Os manifestantes usaram pedras, pedaços de pau, gradis, rojões e até bicicletas para atacar os policiais. A fachada de uma universidade também foi danificada na rua da Consolação.

Por volta das 21h, a Polícia Militar informou ter localizado e prendido uma pessoa que teria participado da agressão aos seguranças da ViaQuatro. Segundo a corporação, ele estaria com o capacete usado pelo segurança.

G1

Postar um comentário

0 Comentários