Estiagem, forte calor e vegetação seca ajudam a propagar incêndios em áreas rurais do Ceará



 


A prolongada estiagem, o forte calor e a vegetação seca ajudam a propagar incêndios em áreas rurais do Interior do Ceará. Muitas vezes uma ponta de cigarro gera o incêndio, devastando o mato e gerando prejuízos à saúde de quem enfrenta problemas respiratórios e crises alérgicas.

O correspondente do Jornal Alerta Geral, na Região da Ibiapaba, Diassis Lira, relata, nesta segunda-feira (04), mais um desses incêndios que se tornam comuns nesse longo período de estiagem. De acordo com Diassis, vários focos surgiram na subida da Serra da Meruoca, na Região Norte do Estado.

A fumaça poderia ser vista de longe e, para quem subia ou descia à Serra, sentiu de perto o calor e as chamas do incêndio. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi ao local para debelar as queimadas que aconteciam às margens da CE-440.

Ao final da tarde, moradores e visitantes de Sobral sentiam o cheiro da fumaça espalhada por vários bairros da cidade.

Ceara Agora

Postar um comentário

0 Comentários