Estragos da chuva em Jeri serão pagos com taxa de turismo, diz Prefeitura



 


Os estragos causados pela enxurrada que ocorreu na vila de Jericoacoara na madrugada deste domingo (2) estão sendo reparados, em parte, com recursos da taxa do turismo. De acordo com a prefeitura, a situação está sob controle e parte dos fios que ficaram expostos após os alagamentos já foram recobertos.

A chuva na região começou por volta de meia-noite e seguiu até o início da manhã de hoje. Moradores, donos de estabelecimentos e equipes da Cagece tentavam resolver a situação.

Ainda segundo a assessoria da Prefeitura, o secretário de Infraestrutura de Jericoacoara, Edineldo Freitas, também esteve no local e a pasta informou que o cenário já está sendo normalizado.

Com a chuva forte, uma quantidade de areia foi transportada com a água. Esse movimenbto deixou expostos fios que, segundo a gestão municipal, estavam encapados e não trariam riscos de choque elétrico. 

Em nota a Enel informou "equipes estão trabalhando no local, em parceria com a Prefeitura, para recomprar a rede elétrica atingida durante a enxurrada. Apesar da complexidade dos reparos, a companhia destaca que todos os esforços estão sendo feitos para que os reparos sejam concluídos o mais breve possível".

TAXA AJUDA A PAGAR ESTREAGOS

Parte da verba utilizada para amenizar os estragos da enxurrada vem da taxa de turismo cobra para o acesso à vila. 

Quem visita o local precisa pagar taxa de turismo sustentável - R$ 30 por até 7 dias, com acréscimo de R$ 3 a cada dia a mais - desde 2017.Foram arrecadados R$ 8,5 milhões de reais, entre 2019 e 2020, e a aplicação acontece para coleta de lixo e estudo de recuperação da Duna do Pôr do Sol.

Mesmo com o fechamento da Vila entre abril e julho do último ano, em decorrência da pandemia da Covid-19, foram recebidos 662 mil turistas somando os anos de 2019 e 2020.

Dezembro e janeiro despontam como os meses mais procurados por quem busca aproveitar as belezas naturais do local.

Diario do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários