No Preá, velejador, praticante de kitesurf, é arrastado por carro na praia




Um carro prendeu as linhas do equipamento de kitesurf do homem, que foi arrastado pelo veículo junto com o equipamento. Secretário de Infraestrutura de Cruz informou que nova via de acesso, além de estacionamento para carros, deverão ser executados em 2022 para desafogar o trânsito

Um velejador ficou ferido no último domingo, 2, na Praia do Preá, no municipio de Cruz, a cerca de 12 km de Jijoca de Jericoacoara, depois de ter sido arrastado por um carro. Segundo informações, o veículo prendeu as linhas do equipamento de kitesurf do homem. O homem teve ferimentos leves nas costas.

Banhistas dividem a orla com buggys e carros, na Praia do Preá, em Cruz. O município está localizado a 280 km de Fortaleza e tem cerca de 24 mil habitantes.

“É muito triste saber que nossa praia está com trânsito muito violento. Hoje, um motorista arrastou um homem pela praia, em frente à escola de surf. Foi uma coisa muito séria, e ele ainda reclamou! Ele disse que o cara estava errado porque ali não era lugar de kitesurf”, disse um morador da cidade (nome preservado).

A sensação de desordem também incomodou quem estava aproveitando o recesso na região, no último fim de semana. “A orla da Praia do Preá precisa de um plano de ordenamento. Um velejador foi atropelado, por volta das 17 horas, por causa disso. A Praia do Preá está um caos”, comentou um turista que preferiu não se identificar.

Em setembro do ano de 2021, o vereador de Cruz, Carlos dos Santos, realizou um requerimento solicitando uma audiência pública para discutir a regulamentação do trânsito em Preá. "É de conhecimento público que o Preá conta com número populacional cada vez mais crescente, e o fluxo de pessoas, veículos e pedestres tem se intensificado sobremaneira, principalmente por ser conhecido destino turístico, rota praticamente obrigatória para só que se deslocam até a praia de Jericoacoara, sendo esta atração turística internacional", relata o requerimento. 

O secretário de Infraestrutura e Urbanismo de Cruz, Albano Silveira, confirmou que a regulamentação do trânsito já é uma demanda que existe. "É um problema que a gente tem conhecimento, porém não é um problema fácil de resolver. A questão do trânsito na beira-mar é um problema complicado na região do Preá, trata-se de um problema urbanístico", explicou.

Albano diz que o distrito do Preá não é uma região projetada, mas é uma região que foi crescendo bastante nos últimos tempos, "e o município não conseguiu acompanhar o crescimento". "O trânsito da praia é onde mais há uma maior demanda, mas para tirar o trânsito daquele lugar, eu preciso fazer obras estruturantes para desviar aquele trânsito."

Segundo o secretário, em 2022, a gestão municipal pretende executar um estacionamento para 230 carros e criar uma nova via de acesso na entrada do Preá até a praia da região para desafogar o trânsito. "Já temos recursos alocados. A gente também pensa em fazer uma outra via de acesso para Jericoacoara, no limite entre o Preá e o Parque Nacional. É questão de tempo para melhorar o trânsito da Praia do Preá", finaliza.


O Povo

Postar um comentário

0 Comentários