Capitão Wagner afirma não apoiar exclusivamente Bolsonaro no Ceará





O deputado federal e presidente da União Brasil, Capitão Wagner, afirmou nesta quarta-feira, 16, durante coletiva de imprensa, que seu palanque na disputa pelo Governo do Ceará também estará aberto a outros candidatos ao cargo de presidente da República.

A declaração foi feita mesmo com o apoio confirmado de Jair Bolsonaro (PL) ao parlamentar cearense. O Capitão ressaltou ainda que o objetivo é fazer um palanque amplo da oposição no Estado.

“Nosso palanque é amplo de oposição, cortando o Estado do Ceará. Todo apoio que vier, à nível nacional, será bem-vindo. Havia uma dúvida de que ‘o Capitão vai estar com o candidato A, com Moro, com Bolsonaro’. À nível estadual, nosso palanque vai permitir, por exemplo, se o MDB vier, que peça voto para o candidato deles à presidência; se o Podemos, já confirmado que vai pedir voto para Moro, vai pedir tranquilamente; se o PL for pedir voto para Bolsonaro, será muito bem recebido. Não teremos radicalismo para dizer que o candidato do bloco é Y”, concluiu.

Sobre o atual partido, Wagner afirmou que vai “transformá-lo no maior partido do Estado”.


Focus Jor

Postar um comentário

0 Comentários