Jeri Voos Panorâmicos emite nota sobre falecimento de turista no Buraco Azul




O turista Uilgner dos Santos Rodrigues, 30, do estado de São Paulo morreu na tarde desta da ultima segunda-feira (21) após se afogar em um lago conhecido como Buraco Azul, ponto turístico do município de Cruz, no litoral oeste do Ceará.

Imagens que chegaram a circular nas redes sociais mostram populares revoltados com o ocorrido. Eles chegam a arremessar pedras contra uma barraca.

A confusão teria sido por causa da demora para retirar a vítima da água.

O caso é acompanhado pela Delegacia Municipal de Cruz, unidade da Polícia Civil responsável pela região.

Já nesta terça-feira, 22, a empresa Jeri Voos Panorâmicos, que presta serviços de táxi aéreo, e faz voos panorâmicos turísticos no local, se manifestou acerca do ocorrido, com uma nota nas redes sociais, leia na integra:

A Jeri Voos Panorâmicos vem através dessa esclarecer a todos, que somos uma empresa de taxi aéreo (transporte público), com certificação para passeios panorâmicos.

Não temos autorização/homologação da ANAC para transporte aeromédico (transportar pessoas feridas, enfermas, vítimas de acidentes, afogamento...).

Nossa frota, não possui os equipamentos necessários (maca, oxigênio, monitores...) para tal serviço. Podendo apenas transportar pessoas devidamente sentadas.

Nossas aeronaves são específicas para “passeios”.

Nossos pilotos e equipe de solo, não possuem certificação e treinamento para remoções, visto que, como é de conhecimento de todos, e orientação médica, vítimas não devem ser tocadas.

Uma vez que a vítima seja transportada de maneira inadequada, pode vir a agravar a situação do paciente, podendo levar o mesmo a óbito.

Existem órgãos adequados para tais situações, tal como SAMU, corpo de bombeiros, policias, entre outros. Estes sim com equipamentos e equipes treinadas para agir da forma mais adequada para tais situações.

Sobre o acontecimento de hoje, repudiamos a atitude das pessoas presentes no buraco azul, onde populares obrigaram mediante ameaças e agressões a equipe a embarcar uma pessoa desfalecida no helicóptero, alegando omissão de socorro à vítima, colocando todos em risco, visto que no momento estava chovendo no destino Préa/Jeri, impossibilitando a decolagem da aeronave.


Equipe Jeri Voos Panorâmicos

Postar um comentário

0 Comentários