Assembleia chega com atraso após perder oportunidade de criar CPI para investigar Enel



 


A Assembleia Legislativa ignorou, ao longo da atual legislatura, a oportunidade para enquadrar a Enel pelos péssimos serviços prestados a população e, três anos depois, em meio ao clamor contra o aumento da conta de energia, cria uma comissão especial para avaliar o contrato de concessão da empresa.

Em 2019, a Assembleia matou na origem as articulações para criação de uma CPI, com poderes de convocar depoentes e elaborar um relatório que poderia gerar conseqüências para a Enel e, ao mesmo tempo, proteção para os consumidores.

De lá prá cá, os cearenses continuam sofrendo com o descaso, enquanto a Assembleia Legislativa gera expectativas, por meio de uma comissão especial, de evitar que a Enel mantenha a atual política de atendimento a população.

Ceará Agora

Postar um comentário

0 Comentários