Capitão Wagner lidera pesquisas eleitorais no Ceará





O pré-candidato do União Brasil ao Governo do Estado do Ceará, deputado federal @capitaowagnersousa , lidera em três dos quatro cenários da pesquisa Real Time Big Data, encomendada pela Record TV e divulgada nesta terça, 21. Cada cenário estimulado tem um pré-candidato do PDT ao Palácio da Abolição. Quando o nome é o do ex-prefeito de Fortaleza @robertoclaudiooficial , há um empate técnico: Wagner tem 40%, RC, 35%. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos

Quem tem a segunda melhor performance entre os pedetistas é a governadora @izoldacelace . Com ela na disputa, Capitão Wagner lidera com 44%, contra 29% da chefe do Executivo.

No cenário em que o deputado federal @mauro_benevidesfilho é o candidato, Wagner alcança 45% das intenções de voto, contra 19% do pedetista.

A maior diferença entre os pré-candidatos ocorre quando o nome inserido na lista é o do presidente da @assembleiace , @evandroleitao . Capitão Wagner tem a preferência de 49% dos entrevistados, enquanto o deputado estadual tem 11%.

Na pesquisa espontânea, quando os nomes do pré-candidatos não são apresentados aos eleitores, o deputado Capitão Wagner lidera com 30% das intenções de voto. Três dos quatro nomes do PDT aparecem em seguida. Na segundo posição está RC, com 12%. A atual governadora do Ceará, Izolda Cela, aparece terceiro, com 9%. O deputado e ex-secretário Mauro Filho possui 3%. Evandro não foi citado. Brancos e nulos somaram 2%. Enquanto isso, 44% dos entrevistados não souberam indicar um nome ou não responderam.

A pesquisa Real Time Big Data foi realizada por telefone, com a participação de 1.500 entrevistados, entre os dias 18 e 20 de junho. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança do levantamento é de 95% - ou seja, se for levada em consideração a margem de erro, a probabilidade de o resultado da pesquisa retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número CE-02057/2022.

O Povo

Postar um comentário

0 Comentários