Em Itarema, filhote de baleia jubarte de quase 5 metros é achado morto em praia



 

Animal tinha um corte no corpo que pode ter sido ocasionado por alguém que tentou retirar um pedaço dele para usar como isca, conforme biólogos da ONG Eco Icaraí.




Um filhote de baleia jubarte de 4,5 metros de comprimento foi encontrado morto na praia de Morro dos Patos, em Itarema, no litoral oeste do Ceará, na manhã desta segunda-feira (25).

De acordo com biólogos da Organização Não Governamental (ONG) Eco Icaraí, o animal tinha um corte no corpo que pode ter sido ocasionado por alguém que tentou retirar um pedaço dele para usar como isca. Contudo, o motivo da morte da baleia ainda é desconhecido

A ONG Eco Icaraí informou que tomou conhecimento de que esse mesmo filhote, que é do sexo feminino, havia encalhado por volta das 12 horas deste domingo (24) na praia de Moitas, em Amontada, e foi devolvido vivo ao mar por um grupo de bugueiros. No entanto, a atitude não é a mais indicada em casos como este.

A bióloga e técnica de resgate do programa de mamíferos marinhos da Associação de Pesquisa e Preservação de Ecossistemas Aquáticos (Aquasis), Letícia Gonçalves, afirmou que a temporada de jubartes no Brasil compreende, normalmente, o período de junho a outubro ou novembro.

"Esses animais realizam migração anual da Antártida para o hemisfério sul, onde utilizam das águas mais calmas e quentes para reprodução e acasalamento. A maior quantidade de grupos se concentra no litoral baiano e capixaba. Até o momento, acredita-se que os animais que são encontrados aqui na região estejam somente de passagem até esses locais de maior concentração", explicou.


G1

Postar um comentário

0 Comentários