Roberto Cláudio abre propaganda com críticas à área de segurança: ‘’calo dói quando o sapato é errado’’




 

O candidato do PDT ao Governo do Estado, Roberto Cláudio, estreou, nesta sexta-feira, no horário eleitoral gratuito no rádio com críticas à política de segurança adotada nos últimos anos no Ceará.  Roberto disse que o ‘calo dói quando a gente anda com o sapato errado’ e prometeu que, se eleito, devolverá aos cearenses a tranquilidade para andar nas ruas.

A crítica de Roberto Cláudio às ações de combate à criminalidade adotadas nos Governos Cid Gomes e Camilo Santana dá a primeira sinalização da estratégia do candidato do PDT para se contrapor a Elmano de Freitas, apoiado por Camilo, e, ao mesmo tempo, atrair simpatizantes do Capitão Wagner, do União Brasil, que tem um forte discurso voltado à segurança pública. Roberto foi aliado do grupo governista e rompeu, em julho, para sair candidato pelo PDT.

” Sem problema, faz parte da democracia agora mais maduro e mais experiente, eu vejo que nessa briga política quem perde é o cearense, enquanto eles brigam o crime avança e desemprego avança”

“quero iniciar um novo ciclo no nosso estado de um jeito que aprendi quando fui prefeito, a gente primeiro ouve o povo para saber onde dói mais e ai realiza e cuida, sem deixar nenhum cearense para trás”

Apoiado pelo presidenciável Ciro Gomes, Roberto Cláudio conta, ainda, em seu palanque, com o senador Tasso Jereissati. Tasso não conseguiu levar, após decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o PSDB e o Cidadania para a aliança com o PDT, mas se transformou em fonte de inspiração para uma das primeiras propostas apresentadas pela campanha de Roberto Cláudio.

Ao falar sobre ações que pretende desenvolver se eleito governador, Roberto prometeu acabar com a pobreza extrema no Ceará – promessa que marcou a primeira campanha de Tasso Jereissati ao Governo do Estado em 1986.


Ceará Agora

Postar um comentário

0 Comentários