Cachorros morrem após comerem petiscos contaminados em 13 Estados



 


FIQUE ATENTO



Se você tem alimentos e petiscos para cães em casa, para tudo o que está fazendo e vai olhar a embalagem. Se tiver propilenoglicol (que seria seguro em teoria), suspenda imediatamente o uso. Essa substância pode ter sido substituído pelo etilenoglicol (que mata o animal). as informações são do governo de São Paulo.

Mortes

Pelo menos 40 cachorros morreram em todo o país em decorrência da suposta contaminação

Casos

Além do Distrito Federal, há casos registrados nos seguintes estados: Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

Irregularidades em fornecedor

O Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA) encontrou irregularidades em dois lotes de propilenoglicol – substância permitida e identificada nos rótulos dos produtos – fornecidos à Bassar pela Tecno Clean Industrial LTDA. Segundo a fabricante de petiscos, essa matéria-prima estava contaminada por etilenoglicol.

Quais são as marcas envolvidas?

Os petiscos identificados até o momento são: Dental Care, Every Day e a Petz Snack Cuidado Oral. Todos são de fabricação da empresa Bassar.

Quais são os sintomas da intoxicação?

Os animais apresentaram cansaço repentino, desconforto abdominal, diarreia, vômito e convulsões

Via @alesie3

Postar um comentário

0 Comentários