Ceará: Mais de 90% dos municípios registram casos de dengue



 


Dados do mais recente boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) , mostram que dos 184 municípios do Ceará, 93%, ou seja, 173 registram casos de dengue. Ao todo, o Ceará já tem 28.731 casos confirmados e 11 mortes. Fortaleza lidera o ranking com mais de 12 mil registros, seguida por Sobral (866) e Mauriti (689).

Somente 11 cidades ainda não contabilizam casos de dengue , em 2022. São eles:São Luís do Curu, Potiretama, Ipaporanga, Tarrafas, Altaneira, Antonina do Norte, Irauçuba, Frecheirinha, Graça, Umirim e General Sampaio são as únicas que não registraram nenhum caso da doença.

De janeiro a setembro os números já superam todo o acumulado de 2020 e se aproximam do índice de 2021. No ano passado, foram pouco mais de 32 mil casos confirmados de dengue. Já em 2020, foram cerca de 20 mil infecções, ou seja, em 2022 os casos já estão 40% acima.

Quando observado a taxa de incidência das arboviroses (dengue, chikungunya e Zika), o Sul do Estado aparece com o pior desempenho. Das sete maiores taxas, cinco estão na região do Cariri: Brejo Santo, Penaforte, Barbalha, Santana do Cariri, Farias Brito.

Em contrapartida, os dois municípios com maior incidência são Icapuí e Palhano, com taxa de 13.504,6 e 11.272,1, respectivamente. Esse denominador é encontrado a partir do número de casos confirmados dividido pela população do município, para cada 100.000 habitantes.

Icapuí: 13.504,6
Palhano: 11.272,1
Brejo Santo: 10.671,6
Penaforte: 8.273,9
Barbalha: 8.076,5
Santana do Cariri: 6.830,5
Farias Brito: 5.721,1

Os principais sintomas da dengue são:
Febre entre 2 e 7 dias e dois ou mais dos seguintes sintomas:
Náuseas;
Vômitos;
Erupções ou manchas na pele;
Dor no corpo;
Dor nas articulações;
Dor de cabeça;
Dor nos olhos.
Sintomas de Chikungunya
Febre súbita superior a 38,5ºC;
Dor nas articulações ou
Artrite intensa, de início agudo.
Sintomas de Zika
Manchas vermelhas na pele e pelo menos um dos sintomas abaixo:
Febre;
Conjuntivite não-purulenta;
Dor nas articulações;
Edema nas articulações.

Como prevenir a dengue e outra arboviroses:
Colocar telas em portas e janelas;
Utilizar roupas claras e compridas sempre que possível, principalmente quando visitar áreas com maior presença de mosquitos;
Não deixar água parada;
Evite, se possível, viajar para áreas com maior incidência dessas doenças em períodos de possíveis epidemias.


Ceará Agora

Postar um comentário

0 Comentários