Fake News: informação sobre carro que estaria raptando crianças em Bela Cruz é falsa



 



Uma informação falsa sobre um suposto caso de pessoas que estariam sequestrando crianças e que andavam num carro branco viralizou nas redes sociais do município de Bela Cruz nesta quinta-feira (8). 

Trata-se de uma fake news, e a equipe do Portal Vale do Acarau Já checou a informação.

“Atenção! Esse carro esta na localidade de lagoa do Mato em Bela cruz Ele ia pegar uma criança que estava esperando o ônibus para ir pro colégio por sorte sua mãe chegou a tempo Tomem cuidado”, diz a mensagem compartilhada no story do Instagram por um usuário da região de Bela Cruz-CE.



Alarmismo, fonte não confiável e pedido para repassar a mensagem constam na publicação, todas características de fake news. Por envolver crianças, a informação falsa se alastrou rapidamente nos grupos da região.

A mesma imagem circulou por grupos de whatsapp, porém se referindo que o carro estaria no Estado do Piauí, e indo em direção a Barroquinha-CE



Até o momento, não há registro algum de rapto ou tentativa de rapto de criança na região do Baixo Acarau 

A pessoa que espalhou isso, ou sonhou com esse caso, ou fez por má fé.

Cuidado: criar e divulgar fake news é crime

No Brasil, o Código Penal prevê três configurações de crimes ligados a boatos e mentiras, os chamados crimes de honra. São eles: calúnia, difamação e injúria.

Veja o que cada um significa e as penas previstas:

Calúnia: Caluniar alguém, imputando-lhe falsamente fato definido como crime. Pena: detenção de seis meses a dois anos e multa.

Difamação: Difamar alguém, imputando-lhe fato ofensivo à sua reputação. Pena: detenção de três meses a um ano e multa.

Injúria: Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro. Pena: detenção de um a seis meses e multa.Todos têm penas semelhantes, e a detenção menor que quatro anos pode ser convertida em cesta básica e outros serviços.

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Eu recebi um áudio e não mensagem escrita,uma mãe falando que quase levaram o filho dela

    ResponderExcluir

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor, e não expressam necessariamente a opinião dos editores do blogger