Jeri ganhará mais 6 voos semanais a partir de São Paulo, somando 13



 

Segundo a Latam, cerca de 30 mil passageiros já foram transportados pela companhia para Jericoacoara e Juazeiro do Norte, com uma taxa de ocupação média de 83%





No dia 2 de agosto de 2021, a Latam dava abrangência nacional ao plano de voar para Juazeiro do Norte e Jericoacoara a partir de Guarulhos-SP. Seria o recomeço da companhia em Juazeiro, onde operou entre 2015 e 2016, e seu debut no aeroporto de Jeri.

À priori Latam fazia apenas um movimento de espelhamento em relação às demais empresas, já que apenas ela, não voava para esses destinos. E, assim, tivemos o início das operações em Juazeiro em 4 de novembro do ano passado com um voo diário e, em 2 de dezembro, em Jeri, da mesma forma.

É muito comum as companhias iniciarem novas rotas na alta estação e a Latam aproveitava o pós-segunda onda da Covid-19 adicionada à grande vontade do brasileiro de voltar a voar. Jeri teve uma procura tão grande que, 30 dias após o início das vendas, o 2º voo diário estava também à venda, mais um caso do fenômeno Jeri.
A alta estação de 2021 já teve ocupações médias de 90% para ambos os destinos, um mega-sucesso.  A alta estação de julho deste ano foi igualmente excelente: “Somente em julho, Jericoacoara teve mais de 90% de ocupação”, informou a companhia. Juazeiro teve praticamente 90%.

Agora, a Latam busca de novo esse sucesso nas praças cearenses (já tangenciamos esse assunto em colunas passadas). A companhia já me avisa, com exclusividade, que continua muito atenta ao interior do Ceará:
Os voos para Jericoacoara e Juazeiro do Norte já superam as expectativas da própria Latam com uma ocupação superior a 83% no primeiro ano de operação. É isso o que aponta o levantamento da companhia sobre os destinos inaugurados em novembro de 2021"
Ainda segundo a companhia, ao todo, "a Latam já transportou 30 mil passageiros para as duas cidades no Ceará em voos diretos a partir de Guarulhos, em São Paulo. Somente na alta temporada de julho deste ano, os voos para Jericoacoara alcançaram uma ocupação de 90%".

Deixo claro que os 30 mil passageiros são por aeroporto e apenas no sentido SP-Ceará, números excelentes. “Em função do bom resultado alcançado, a LATAM decidiu ampliar de 7 para 13 voos semanais a operação da rota Guarulhos-Jericoacoara na alta temporada de janeiro de 2023, o que representa um aumento de 65%* na sua oferta de assentos para o destino. Todas as passagens aéreas já estão à venda em latam.com e demais canais de venda.”

Visitantes do Sudeste e Sul
A companhia informa ainda que não é apenas o estado de São Paulo que tem olhado para o Ceará: "Os voos operados diariamente pela Latam para Jericoacoara e Juazeiro do Norte têm atraído turistas de São Paulo, mas também de outros estados brasileiros que se conectam aos destinos em Guarulhos". 

Vale lembrar que Guarulhos não é apenas o maior aeroporto do Brasil, mas também, dentre os equipamentos da América do Sul, o mais conectado ao mundo.
A Latam então faz um extrato detalhado da lista dos principais destinos emissores de passageiros para cada destinos, como observa Aline Mafra, diretora de Vendas e Marketing da Latam Brasil. “O resultado em Jericoacoara reflete a alta procura dos viajantes provenientes de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba e Porto Alegre, enquanto a ocupação para Juazeiro do Norte tem sido impulsionada principalmente por passageiros de Brasília, Curitiba, Fortaleza e Campo Grande, além de São Paulo. Em todos os casos, os resultados reforçam o acerto da nossa estratégia de investir em aumento da conectividade onde há demanda potencial no Brasil”.

Análise econômica
O município de Jijoca de Jericoacoara tem população estimada em 20 mil habitantes. Pensando apenas em números populacionais, não se credenciaria a receber um aeroporto nem em 100 anos, porém o município é a sede de um dos cenários turísticos mais valiosos do país: praias, dunas, lagoas.
Daí o boom turístico com a inauguração do aeroporto (2017), que possui estrutura de aeroporto internacional, foi imediato.Depois disso, o PIB per capita da cidade acelerou-se bastante conforme vemos abaixo, de forma que a cidade tem o 7ª maior índice do Estado; mais rica que a pujante Sobral, por exemplo.

Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários