Por que o rei Charles tem “dedos de salsicha”?





Não, não foi impressão sua: Charles Philip Arthur George, que após a morte da rainha Elizabeth na quinta-feira (8) assumiu o trono britânico como Rei Charles III, possui mãos e dedos inchados, já denominados pelo próprio como “dedos de salsicha”.

Já em 2019, os dedos do então príncipe provocaram comentários de fãs que notaram o inchaço em uma viagem que fez à Índia com a duquesa Camilla, em imagens do jornal britânico Metro.

Anteriormente, o próprio monarca já se referiu a si mesmo como tendo “dedos de salsicha” em uma carta que ele escreveu a um amigo depois do nascimento do príncipe William.

Na carta, o atual rei dizia: “Eu não posso expressar o quão animado e orgulhoso eu estou. Ele realmente parece surpreendentemente apetitoso e tem dedos de salsicha como os meus”, de acordo com a biografia "Charles, The Man Who Will Be King", de Howard Hodgson.

Em outra ocasião, Charles fez referência aos seus dedos aumentados durante uma viagem à Austrália em 2012, novamente chamando-os de "dedos de salsicha" após horas voando para o país, como relatado pela Cornwall Live.
Mas o que explica a característica das mãos e dedos de Charles?

Dedos inchados podem ser consequências de várias condições, sendo uma das principais a dactilite, um tipo de artrite inflamatória. Porém, as explicações incluem retenção de fluidos ou mudanças repentinas de temperatura e até mesmo excesso de sal na alimentação.

A artrite é uma doença inflamatória crônica que faz as articulações incharem, causando dor, rigidez e até mesmo perda da função muscular. Outros sintomas da doença podem incluir pele vermelha sobre a articulação afetada e fraqueza. Embora não haja cura para a condição, medicação e fisioterapia podem ajudar.

Apesar de não existir confirmação sobre a condição que afeta o recém-coroado rei, alguns fãs já perceberam que as mãos de Charles ficam mais inchadas quando ele viaja para climas mais quentes, e após longos voos. Até o momento, nada sugeriu que pudesse se tratar de uma condição grave.

Byte

Postar um comentário

0 Comentários