Em Cruz, médico suspeito de espancar companheira é preso em flagrante pela Polícia Civil





Um médico de 48 anos, e que já possui antecedentes criminais pelo crime de lesão corporal no contexto de violência doméstica, foi preso em flagrante por equipes da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE), horas após espancar a sua companheira, uma mulher de 27 anos. 

As agressões e a prisão aconteceram, nessa quarta-feira (9), no município de Cruz, no interior do Ceará. A mulher foi socorrida para uma unidade hospitalar da região.

Os investigadores da Delegacia Municipal de Cruz foram acionados, na tarde de ontem, para uma unidade de saúde de Cruz, após a vítima de 27 anos, dar entrada na unidade com lesões graves no rosto e corpo, possivelmente ocasionados por espancamento. 

Após oitivas e diligências, os policiais civis identificaram que o suspeito de cometer as agressões tratava-se do companheiro da mulher, um médico, do qual vive maritalmente com ela há cerca de sete anos. 

Em ações ininterruptas, os policiais civis localizaram o homem, que não reagiu ao trabalho policial.

Conduzido à delegacia, o suspeito, que já possui histórico de violência e foi preso pelo mesmo crime em 2021, foi autuado em flagrante por lesão corporal gravíssima, no contexto de violência doméstica e familiar e violência psicológica.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número (88) 3660-1436, da Delegacia Municipal de Cruz.

As informações também podem ser encaminhadas para o número 181, o Disque-Denúncia O sigilo e o anonimato são garantidos.

*O nome do suspeito não será divulgado nesta matéria para não expor a vítima.

Postar um comentário

0 Comentários