Professor suspeito de assediar 18 estudantes é preso no interior do Ceará



 Polícia Civil representou pela prisão preventiva dele, e passou a monitorar o suspeito



Trabalho investigativo desenvolvido por equipes da Delegacia Metropolitana de Cascavel resultou, na manhã desta sexta-feira (11), na prisão preventiva de um professor de 38 anos, suspeito de importunar sexualmente e assediar, pelo menos, 18 vítimas. O alvo, que chegou a fugir para Mossoró (RN), foi preso em Cascavel.

Professor é preso em Cascavel

Imagens das conversas entre o suspeito e as vítimas, além de provas testemunhais, subsidiaram as investigações, de acordo com a Polícia Civil. Assim que as equipes policiais foram procuradas pelo Conselho Tutelar da Região para noticiar o caso, os investigadores iniciaram diligências para apurar as circunstâncias do caso.

Em investigações, foi identificado que o alvo, além de importunar as vítimas por meio de mensagens de aplicativo em uma rede social, ele teria importunado algumas vítimas dentro da sala de aula, em uma unidade de ensino do qual ensinava, em Cascavel. Diante de todos os detalhes, o professor, que não possuía antecedentes criminais, foi afastado das suas atividades laborais.

Durante as investigações, a Polícia Civil descobriu ainda que fazia pouco mais de três meses que o professor tinha assumido a função na rede municipal de Cascavel. Com isso, a corporação representou pela prisão preventiva dele, e passou a monitorar o suspeito.

“Sabendo do cerco se fechando, o homem, que tinha fugido para Mossoró, retornou para Cascavel e compareceu na delegacia da cidade, onde foi preso. O homem é investigado pelos crimes de importunação sexual, assédio sexual e estupro de vulnerável”, informou a Polícia Civil.

GC Mais

Postar um comentário

0 Comentários