Psol decide integrar base do governo Lula na Câmara




Após fortes divergências internas sobre a adesão ou não ao futuro governo Lula, o Diretório Nacional do Psol aprovou neste sábado, 17, resolução para a bancada do partido na Câmara integrar a base governista. A aliança do Psol com o PT firmada nas eleições, portanto, fica mantida.

"Já a participação na administração por meio de cargos ficou condicionada ao licenciamento do filiado de funções de direção que ocupe no Psol", esclarece a sigla em nota distribuída à imprensa.

Uma corrente importante do Psol liderada pela deputada federal Sâmia Bomfim (Psol-SP) defendia que o partido não ocupasse cargos no governo para manter a liberdade de crítica e votação no Congresso Nacional. O deputado federal eleito Guilherme Boulos (Psol-SP), contudo, está interessado no Ministério das Cidades.


A reunião do Psol também fez um balanço da atuação do partido nas eleições deste ano. No comunicado, o presidente da legenda, Juliano Medeiros, afirma que foi possível "ajustar as diferenças internas no Psol" e reafirmar "o apoio ao governo Lula para reconstruir o Brasil".

O Povo

Postar um comentário

0 Comentários