Sobral: Oposição barra sessão extraordinária



 


A Câmara Municipal de Sobral, a 240 km de Fortaleza, está em recesso parlamentar. As atividades da Casa retornarão a partir da primeira semana de fevereiro de 2023. 

Porém, o presidente, Vicente de Paulo Albuquerque, o Paulão, em comum acordo com o prefeito, Dr. Ivo Gomes, convocaram os vereadores para uma sessão extraordinária. Na sessão, seria realizada a limpeza de pauta, ou seja, realização do cumprimento das pendências, para a que a próxima mesa diretora não tivesse pendências para resolver. 

O ato é comum no legislativo sobralense. Vale ressaltar que o mandato do presidente, Paulão encerra-se no fim de dezembro.

A sessão foi anunciada para esta segunda-feira (19/12). Mas a solenidade acabou não acontecendo, pois o grupo da oposição liderado pelo vereador, Tiago Ramos, contratou o advogado, Linton Torquato para barrar a tal sessão. 

O advogado conseguiu uma liminar na justiça e entregou-a ao presidente da Casa. Paulão, mostrou o documento no dia combinado para a realização da sessão e leu para seus pares, interrompendo a sessão extraordinária.

De acordo com líder do executivo, vereador Roque Hudson, o presidente recebeu uma notificação para que o evento não ocorresse o evento. 

A procuradoria da Câmara Municipal observará os trâmites legais para reverter o quadro. A sessão extraordinária foi adiada para o dia 29/12. O horário ainda não foi definido.

A Noticia do Ceará

Postar um comentário

0 Comentários